57 respostas

Subscribe to this post comment rss or trackback url
User Gravatar
guilherme said in maio 12th, 2011 at 10:51 am

Finalmente o Daniel escreve um conto realista. Excelente. E posso aqui atestar a existência dos 5 andares negativos da UERJ. Eu estive neles. Mas nem conto pra vcs o q fui fazer lá…

User Gravatar
mauricio said in maio 12th, 2011 at 2:04 pm

Ihhhhh Guilherme… diz o santo mas não diz o milagre, ai não vale!
Eu acho que o Daniel se revoltou com as cópias e resolveu fazer esse realista. Mais no próximo conto… :)

Ágata-que-não-é-o-mauricio

User Gravatar
Marcelo said in junho 3rd, 2011 at 10:51 am

Cara,
Que história legal. Muito bem amarrado e intrigante. Acho que você deveria desenvolver por completo em roteiro de cinema e apresentar para alguém aí no Rio que estivesse disposto a filmar. O fluxo da narrativa parece tão real que me prendeu até o fim.
Se quiser, eu até me disponho de ajudar a montagem da continuidade. Ajudo a escrever um livro com base nesse argumento.
Acho que a história deveria se tornar uma obsessão do personagem que encontrou o bilhete na mochila do amigo (tanto a história que o colega buscava quanto a do sumiço do professor) que o levaria a uma peregrinação pela história do Rio de Janeiro e a segredos escondidos desde o Brasil colônia.
Beba em Edgar Alan Poe, acho que será inspirador.
Parabéns

Marcelo Leite

User Gravatar
Bia said in novembro 3rd, 2011 at 6:06 pm

Ã? sério isso? Pelo amor de deus, diz que não porque sou medrosa e quero fazer direito na UERJ, e agora to morrendo de medo.

User Gravatar
Jorge Fagim said in agosto 16th, 2012 at 9:53 am

Convidamos vc e seus seguidores para participarem do 4º Seminário de prevenção do suicídio da UERJ nos dia 10 e 11 de setembro na Capela Ecumênica – UERJ.

Atenciosamente,

Projeto Uerj pela Vida/NACE

Núcleo de Acolhida ao Estudante

(21) 2334-0983/(21) 2334-0987

User Gravatar
Kirk Copelan said in outubro 20th, 2012 at 8:52 am

Enjoyed reading through this, very good stuff, thanks . “Hereafter, in a better world than this, I shall desire more love and knowledge of you.” by William Shakespeare.

User Gravatar
Wanetta Tesseyman said in outubro 25th, 2012 at 10:50 am

I believe this internet site holds very superb indited content material blog posts.

User Gravatar
isoler par exterieur said in outubro 28th, 2012 at 10:50 am

hello there and thank you for your information – I’ve certainly picked up something new from right here. I did however expertise a few technical points using this web site, as I experienced to reload the web site a lot of times previous to I could get it to load correctly. I had been wondering if your web host is OK? Not that I’m complaining, but sluggish loading instances times will sometimes affect your placement in google and can damage your high quality score if ads and marketing with Adwords. Anyway I am adding this RSS to my e-mail and could look out for a lot more of your respective fascinating content. Make sure you update this again very soon..

User Gravatar
Branden Iavarone said in novembro 2nd, 2012 at 6:48 pm

somehow found your website when i was kind of stoned. excellent read

User Gravatar
Clark Mealing said in novembro 3rd, 2012 at 10:19 am

It is appropriate time to make some plans for the future and it’s time to be happy. I have read this post and if I could I desire to suggest you some interesting things or advice. Perhaps you can write next articles referring to this article. I desire to read more things about it!

User Gravatar
Yasmin morais said in novembro 6th, 2012 at 5:29 pm

Cara! Muito boa essa história! Vc deveria investir bastante, pq pow ela está incrível! Parabéns!

User Gravatar
Monique Cadorini. said in novembro 6th, 2012 at 5:38 pm

Muito Bom! E que venha quem sabe um filme, ou um livro!

User Gravatar
Juliane said in novembro 6th, 2012 at 6:10 pm

Eu já não gostava da UERJ agora depois dessa então aí mesmo que vou fazer de tudo para entrar para a UFRJ ano que vem!

User Gravatar
Mariana said in novembro 6th, 2012 at 8:23 pm

Muito bom! Gostei do jeito que você escreve! Invista nisso aí pq fiquei com gostinho de bis! De qlqlr maneira, ainda bem que tô na UFF! ahahahah

User Gravatar
Vanessa said in novembro 7th, 2012 at 12:11 am

Nossa excelente história, fiquei com medo da uerj, estou muito tensa depois dessa leitura, ótimo suspense, daria um filme muito legal,! Agora, a parte histórica é verdadeira, fiquei curiosa ?

User Gravatar
josé said in novembro 7th, 2012 at 6:50 am

Fiquei sabendo da quantidade de suicídios na Universidade há pouco tempo.É lamentável esta situação. Acho que tentar abafar tragédias como essas não ajuda em nada. Uma maior conscientização é fundamental para evitar esses óbitos. Certamente, essas pessoas estavam precisando de ajuda, que nunca chegou. Qualquer coisa é válida para tentar resolver esta grande tragédia: conscientização, redes de proteção nos corredores,monitoramento da área. etc. Hoje mesmo fiquei sabendo que mais uma pessoa se jogou dos andades superiores, dia 06/11/2012.

User Gravatar
Leo said in novembro 7th, 2012 at 9:24 am

Verdade, José. Ontem (06/11/2012) mais uma pessoa se suicidou na UERJ. E pelas informações que tive, não era aluno, nem professor e nem funcionário de lá. Por isso acho bom que os casos continuem sendo omitidos, pq senão acabam virando moda, já que lá talvez seja o prédio mais fácil para se cometer um suicídio

User Gravatar
Pedro said in novembro 7th, 2012 at 3:10 pm

Pra chegar nesses 5 andares negativos, onde Hitler deve estar escondido após o “suposto suicídio”, a gente faz o que? Usamos pó de pir lim pim pim? Alo Homora? Mal Feito Feito?

Essa história pode ser uma boa pauta pra Superinteressante em sua editoria de “Teorias da Conspiração”. Vão dormir, beijos

User Gravatar
Pedro said in novembro 7th, 2012 at 3:14 pm

Jorge Fagim,

Obrigado por mostrar a todos aqui um comentário são sobre o assunto. A Uerj tem brigada contra suicídio, além de outras ações que conscientizem as pessoas.

Falar que não quer passar pra Uerj por conta disso é uma boa desculpa pra quem acha, ou já sabe, que vai ter que abrir o bolso com uma particular depois do vestibular.

Nos encontramos nas raves dos andares negativos

User Gravatar
Samuel said in novembro 7th, 2012 at 6:02 pm

os suicídios ocorrem porque os alunos (e alunos) vêm seus colegas sendo estuprados, estupradas, nos andares inferiores há um centro de tortura (estou falando sério) que visa atrair as estudantes e mesmo alguns estudantes para lá achando que vão encontrar um espaço abandonado, lá serve de espaço para professores clássicos nazistas se esconderem, estuprarem das piores formas possíveis garotas e garotos, que após esse tipo de violência se sentem desesperados e pensam (muitas vezes são induzidos por esses monstros que não querem que isso se torne público) que não há saída, acabam se matando… ficam com medo em suas vidas cotidianas e acadêmicas, alguns próprios alunos e funcionários participam desses rituais macabros… organizado pelos professores para manter uma relação de dominação acadêmica, psicológica e sexual ante os alunos, para manter uma relação de medo e silêncio…

há ainda o fato de que lá se escondem cadáveres, ou vindos de fora, de sequestros, ou mesmo de pessoas que entraram lá, se revoltaram contra a situação, e acabaram sendo mortas, muitas vezes com o próprio tempo…

ao mesmo tempo que fala de brigadas contra suicídio, a própria universidade é conivente com essas condutas, ao passo visa fazer com que os alunos banalizem seus corpos e suas vidas…

User Gravatar
Henrique said in novembro 7th, 2012 at 9:22 pm

Se você olha dentro do abismo, o abismo olha devolta dentro de você. friedrich niche…..

User Gravatar
Meiriellen said in novembro 8th, 2012 at 6:19 pm

Boa tarde. Escreve bem , reteve a minha atenção até o fim , sem falar que cheguei a sentir um certo medo (estou estudando a noite neste semestre).

User Gravatar
read what he said said in novembro 10th, 2012 at 10:46 am

I basically must let you know which you have written an outstanding and special article that I truly enjoyed reading. I’m fascinated by how well you laid out your material and presented your views. Thank you.

User Gravatar
Books said in novembro 15th, 2012 at 5:41 pm

A nicely written write-up, I just passed this onto a workfellow who was doing somewhat analysis on this. And he indeed purchased me dinner because I discovered it for him…. .. therefore let me reword that: Thnkx for the treat even so yeah Thnkx for spending the time to talk about this, I feel strongly concerning it and love reading a lot more on this topic. If doable, as you gain expertise, would you mind updating your blog with much more details? it really is extraordinarily useful on behalf of me. massive thumb up for this weblog

User Gravatar
bingo said in novembro 16th, 2012 at 1:48 pm

hey there and thank you for your information – I have certainly picked up anything new from right here. I did however expertise several technical points using this web site, as I experienced to reload the website lots of times previous to I could get it to load correctly. I had been wondering if your web hosting is OK? Not that I’m complaining, but sluggish loading instances times will very frequently affect your placement in google and could damage your high quality score if ads and marketing with Adwords. Anyway I am adding this RSS to my email and can look out for a lot more of your respective interesting content. Make sure you update this again very soon..

User Gravatar
Alessandra said in dezembro 5th, 2012 at 11:15 pm

Hoje a noite infelizmente mais um suicídio, uma menina de 22 anos se jogou do 12 andar…realmente fiquei chocada ao ver o corpo estirado no meio das plantas..

User Gravatar
Leo said in dezembro 6th, 2012 at 10:11 am

Alessandra, vc sabe dizer se dessa vez era aluna?

User Gravatar
Juliana said in dezembro 6th, 2012 at 7:02 pm

Acho engraçado que o texto fala sobre algo sério e as pessoa só pensam em filmes e livros, ninguém para pra pensar nas palavras escritas. Acham que é fantasia. A faculdade deve possuir uma energia horrível, não é a toa que o campus é abandonado e está caindo aos pedaços. Percebe-se que nada deu certo naquele terreno, nem o cemitério, nem a igreja, nem o sanatório, nem a favela…e pelo visto a faculdade também não.

User Gravatar
Gabriela said in dezembro 7th, 2012 at 4:17 pm

Olá, primeiramente gostaria de dizer que estudo na UERJ.
Algumas coisas são mentira, pois pesquisei sobre. A questão do cemitério dos índios, se realmente existiu ou não, não tem como provar (eu acho). Mas de fato os índios comiam seus mortos, pois isso eu também pesquisei, então até pode ser que fosse verdade. Só não sei dizer se eles realmente fizeram dali o lugar para depositar os corpos das tais carnes ”indignas”.
Agora esse tal de ”Sanatório de São Francisco” eu não encontrei nada, pelo menos aqui na internet.
Quer dizer, até encontrei. Existe um lugar chamado Sanatório de São Francisco (acho até que mais de um), mas fica em outro estado; e o autor do texto talvez deva tê-lo usado como inspiração para encrementar o conto, já que o nome da rua da Universidade é São Francisco Xavier. Ou não. Vai saber…
Basta vocês pesquisarem, para ver o que é verdade ou não.
De fato a UERJ seria um hospital público. O então Hospital das Clínicas, conforme encontrei. Porém a obra do mesmo nunca foi concluída, tendo ficado abandonada durante anos a fio. No local havia apenas a pseudo-estrutura do prédio (atual Pavilhão Haroldo Lisboa da Cunha), no caso, o tal do “esqueleto”, como era chamado. Inclusive se vocês pesquisarem por fotos da época, irão encontrar algumas coisas a respeito disso.
E como acontece com a maioria dos lugares abandonados, o planejamento do hospital acabou se tornando em moradia para a classe média baixa. Diversas pessoas construíram seus barracos ao redor do esqueleto do edifício, e inclusive dentro da estrutura abandonada do mesmo, o deu origem e ficou conhecido como “Favela do Esqueleto”.
A favela existiu até o início da década de 60, e conforme sites da internet ”chegou a ter quase quatro mil barracos e cerca de 12 mil habitantes”.
Rolam boatos de que eram constantes os incêndios por lá, e já ouvi dizer que muitos deles eram causados propositalmente por pessoas que estavam interessadas em desocupar o espaço para usufruir do terreno. Nada confirmado até então. Mas é até provável. Sei lá.
Com Carlos Lacerda no poder, deu-se início a desocupação do local para futuras obras, e o campus foi oficialmente inaugurado em 1976, antes com o nome de Universidade Guanabara, com a fusão dos estados da Guanabara e Rio de Janeiro, passou a ter a denominação atual. E ao que me parece, os ex-moradores foram realocados, em sua maioria, para a zona oeste da capital fluminense, mais precisamente em Vila Kennedy (conforme o Wikipédia).
Próximo ao teatro Odylo Costa Filho (localizado dentro da UERJ, para quem não sabe), existe uma cruz com uma placa informando que ali realmente foi a Favela dos Esqueletos.
Concordo com a menina acima, e realmente a faculdade deve carregar uma certa energia negativa.
Porém, eu amo a UERJ. E me sinto muito bem lá. É um lugar que não pode ser ressaltado pelos aspectos negativos, e sim pelos positivos, pela quantidade de cursos e atividades culturais; como palestras, exposiões, shows, e etc., que ocorrem anualmente no local.
O que fazer quanto a isso? Não sei. Creio que gradear, mesmo que somente os andares mais altos da faculdade, trairia um ar repressor horrível ao ambiente, já que, esteticamente falando, a estrutura do prédio já lembra a época da Ditadura Militar.
E exatamente talvez por ter sido construído na época do Regime, o prédio tenha de fato esta estrutura. Se vocês observarem, verão é possível ser visto de praticamente todos os lugares da faculdade. Porque ela é toda aberta. Naqueles corredores que ligam um bloco a outro, por exemplo, é possível ver a maioria das salas de aula. Das próprias rampas é possível ver quem está passando no 3º ou 10º andar. Enfim.
Acredito bastante em questões energéticas, e acho que o local esteja precisando, quem sabe, de uma limpeza Astral.
Uma oração a toddas essas almas que já passaram e passam todos os dias por ali.

User Gravatar
Gabriela said in dezembro 7th, 2012 at 4:27 pm

o deu origem e ficou conhecido como “Favela do Esqueleto”.*
todas*

User Gravatar
Oliveira said in dezembro 19th, 2012 at 12:31 am

Qual a história do seu amigo Alessandro de Jornalismo??
Porque se matou???
Como teve acesso a mochila dele??
Ele era seu amigo?
Então antes morrer o que ele falava sobre suas pesquisas quanto aos assassinatos na UERJ?

User Gravatar
Dafne said in dezembro 25th, 2012 at 11:26 am

Texto viciante! Amei! :)

User Gravatar
Marcelo Vingança said in janeiro 12th, 2013 at 11:48 pm

Tenho acompanhado com a galera da segurança e a média de suicídio está entre 5 a 6 por ano, lógico que tem anos que pulam um pouco mais, em 2012 foram 8. O resto é exagero pela parte do autor, pois trabalho quase vinte anos alí e a média é mais ou menos essa.

User Gravatar
Erika Reis said in janeiro 13th, 2013 at 2:32 am

Eu sei de um ahistória contada por trabalhadores antigos da UERJ de que realmente houve uma favela onde hj é a universidade…

Fui mestranda de geologia e durante os dois anos e meio que foquei lá testemunhei 5 suicideos…

Erika Reis

User Gravatar
Vitor "Ninja" said in fevereiro 1st, 2013 at 10:48 am

Seguinte pessoal, o texto de fato tem muitas colocações estranhas, dignas de roteiros de filme. Porém já trabalhei e estudei na UERJ e posso comprovar que vários aspectos descritos são reais. Vamos a eles:
1- A favela do esqueleto e o cara de cavalo realmente existiram e a busca e matança do cara de cavalo originaram depois o esquadrão da morte (scuderie detetive le cocq) mas essa é uma outra história.
2- As rampas e solos anti-derrapantes dos andares mais altos estão completamente desgastados o que facilita acidentes e até aumenta o número de suicidios e pseudo-suicidos.
3- Um livro lançado pelo pesquisador da Fiocruz Estellita Lins que trata sobre suicídios enfoca com precisão a UERJ e fornece material vasto sobre o tema.
4- Os andares negativos existem e era onde ficava a microfilmagem… não sei ao certo qtos são…mas tem 2 no mínimo… as entradas são externas aos prédios… maiores detalhes por questão de segurança não fornecerei.
5- Realmente como em qquer grande campus, estupros, mortes, roubos acontecem…leia-se UFRJ e Rural que tbm tem problemas parecidos.
6- Gosto muito do lugar, sinto boas energias lá, apesar de todo o lugar ter muitos segredos de fato… pra quem acredita óbvio…
E pra finalizar uma frase que um amigo dizia sempre: quem procura, acha!

User Gravatar
Siu Vanabel said in fevereiro 23rd, 2013 at 12:30 pm

Admiring the commitment you put into your blog and in depth information you offer. It’s good to come across a blog every once in a while that isn’t the same unwanted rehashed material. Great read! I’ve saved your site and I’m adding your RSS feeds to my Google account.

User Gravatar
Serita Poutre said in março 6th, 2013 at 3:07 am

I do not know if it’s just me or if perhaps everyone else encountering problems with your blog. It appears as if some of the text within your content are running off the screen. Can someone else please comment and let me know if this is happening to them as well? This may be a issue with my web browser because I’ve had this happen previously. Many thanks

User Gravatar
kpop7 said in abril 4th, 2013 at 8:36 pm

Hmm it seems like your blog ate my first comment (it was extremely long) so I guess I’ll just sum it up what I wrote and say, I’m thoroughly enjoying your blog. I as well am an aspiring blog writer but I’m still new to the whole thing. Do you have any tips and hints for rookie blog writers? I’d genuinely appreciate it.

User Gravatar
samsung said in abril 12th, 2013 at 12:55 pm

I have seen that nowadays, more and more people will be attracted to video cameras and the issue of taking pictures. However, really being a photographer, you should first commit so much time frame deciding which model of video camera to buy and also moving from store to store just so you might buy the cheapest camera of the trademark you have decided to settle on. But it would not end right now there. You also have to think about whether you should obtain a digital photographic camera extended warranty. Thanks a bunch for the good tips I accumulated from your blog.

User Gravatar
how to play piano said in abril 18th, 2013 at 5:00 am

Attractive section of content. I just stumbled upon your weblog and in accession capital to assert that I get actually enjoyed account your blog posts. Anyway I’ll be subscribing to your augment and even I achievement you access consistently rapidly.

User Gravatar
lame penalty kick said in abril 18th, 2013 at 6:46 pm

Hi there! This is kind of off topic but I need some help from an established blog. Is it tough to set up your own blog? I’m not very techincal but I can figure things out pretty fast. I’m thinking about making my own but I’m not sure where to begin. Do you have any points or suggestions? With thanks

User Gravatar
binary options broker said in abril 20th, 2013 at 11:19 am

Thank you for the good writeup. It in fact was once a amusement account it. Look complex to far delivered agreeable from you! However, how can we keep in touch?

User Gravatar
Tatiana said in abril 24th, 2013 at 12:07 pm

Nossa, texto incrívelmente bem escrito. Estudo na UERJ a muitos anos. Acho um lugar com uma energia negativa muito forte e um aspecto meio pavoroso mesmo e sempre me perguntei a causa de tantos suicídios. Não sei a veracidade de todos os fatos narrados, mas já havia ouvido sobre alguns. E embora a história possa não ser totalmente real, foi muito bem escrita e acho que deveria ser continuada e divulgada. Suponho que todos os alunos da UERJ tem uma grande curiosidade quanto a história daquele lugar.Uma pena que uma pessoa tão esforçada, com esse dom para a história e a escrita tenha falecido e não possa dar continuidade com suas próprias palavras. Meus pesames pelo seu amigo.

User Gravatar
pictures of kangen water vs said in maio 17th, 2013 at 3:29 pm

Thanks for discussing your ideas. I’d personally also like to say that video games have been ever before evolving. Technology advances and enhancements have made it simpler to create authentic and interactive games. These kinds of entertainment games were not actually sensible when the concept was first of all being tried out. Just like other kinds of technological innovation, video games also have had to progress by way of many many years. This itself is testimony for the fast growth of video games.

User Gravatar
remix maker said in maio 20th, 2013 at 3:01 pm

Thanks for this excellent article. Yet another thing to mention is that many digital cameras arrive equipped with the zoom lens that enables more or less of your scene to be included by ‘zooming’ in and out. These changes in concentration length are generally reflected within the viewfinder and on substantial display screen on the back of the specific camera.

User Gravatar
raspberry ketone said in maio 23rd, 2013 at 3:08 pm

Having read this I thought it was very enlightening. I appreciate you taking the time and effort to put this article together. I once again find myself personally spending way too much time both reading and commenting. But so what, it was still worth it!

User Gravatar
Car Games said in junho 5th, 2013 at 2:53 am

It¡¦s actually a cool and useful piece of information. I¡¦m glad that you shared this useful info with us. Please keep us up to date like this. Thanks for sharing.

User Gravatar
blue candy said in junho 20th, 2013 at 10:50 pm

Hello.This article was really motivating, particularly because I was searching for thoughts on this topic last Wednesday.

User Gravatar
Blinds said in junho 21st, 2013 at 1:29 pm

We absolutely love your blog and find the majority of your post’s to be exactly I’m looking for. Do you offer guest writers to write content available for you? I wouldn’t mind writing a post or elaborating on a lot of the subjects you write in relation to here. Again, awesome website!

User Gravatar
Property Values said in junho 24th, 2013 at 7:22 am

I think this is one of the most vital information for me. And i am glad reading your article. But wanna remark on few general things, The site style is wonderful, the articles is really great : D. Good job, cheers

User Gravatar
African American News said in junho 25th, 2013 at 7:02 am

Thank you for sharing excellent informations. Your web site is very cool. I am impressed by the details that you have on this site. It reveals how nicely you perceive this subject. Bookmarked this web page, will come back for extra articles. You, my pal, ROCK! I found simply the information I already searched all over the place and simply could not come across. What a great web site.

User Gravatar
Wie kann man langer im bett durchhalten said in junho 25th, 2013 at 9:45 pm

Magnificent beat ! I wish to apprentice while you amend your website, how can i subscribe for a blog website? The account aided me a acceptable deal. I had been a little bit acquainted of this your broadcast offered bright clear idea

User Gravatar
elizabeth said in setembro 12th, 2013 at 8:51 pm

hoje aconteceu de novo…

User Gravatar
Melissa said in outubro 18th, 2013 at 5:04 pm

Hoje, 18/10/2013, mais um suicídio na UERJ. Não encontrei nenhuma notícia oficial a respeito. Haverá algum levantamento sobre o perfil dessas pessoas que “escolhem” o local para se matarem? Fico pensando como fica o emocional das pessoas que transitam ali diariamente, alunos e funcionários, e convivem com essas tragédias. Existe algum programa de apoio emocional a essas pessoas que presenciam esses fatos? Pelo que li em páginas como essa, trata-se de ocorrência frequente.

User Gravatar
Céli said in outubro 19th, 2013 at 8:38 pm

É com muito pesar que venho confirmar esse suicídio(18-10-2013),não sei de nenhuma dessas histórias, mas posso afirmar isso porque estudava com minha filha NA ESDI, por respeito a família e os colegas prefiro não dizer o nome dela,inclusive o reitor falou sobre uma campanha contra o suicídio e acho que é nisso que devemos focar.

User Gravatar
Edson da Silva Bezerra said in novembro 16th, 2013 at 10:57 pm

Não sei até que ponto isso é verdade, mas seja lá quem escreveu este texto está de parabéns, pois prende o leitor do início ao fim com uma linguagem fácil e bem fluída. Este tem futuro! ou teria futuro? …

User Gravatar
Julio Nico said in fevereiro 19th, 2014 at 2:31 pm

Que texto Impressionante! Digno de cinema! Deveriam investir na história e escrever um Livro ou fazer um filme.Parabéns a quem escreveu!! Me prendeu na leitura do início ao fim…

Deixe seu comentário

 Nome (requerido)

 Email (requerido)

 Website (opcional)