2 respostas

Subscribe to this post comment rss or trackback url
User Gravatar
Regina Pantoja said in maio 11th, 2009 at 12:54 pm

Apesar de conciso ao tratar de um fato tão corriqueiro mas tão cheio de passionalidade, ele nos surpreende com uma aparente objetividade e um final inesperado.
Gostei muito do conto de Renato.

User Gravatar
liviaborges said in outubro 2nd, 2009 at 1:12 pm

E o mais inacreditável é que eu sou assim mesmo…

Deixe seu comentário

 Nome (requerido)

 Email (requerido)

 Website (opcional)