2 respostas

Subscribe to this post comment rss or trackback url
User Gravatar
Ronaldo Brito Roque said in julho 24th, 2008 at 10:49 pm

Sensacional!
E essa do pouco dinheiro que o divórcio levou?
Genial!

Mandou muito bem, Cármen!

Abraço,
Rbr

User Gravatar
Ronaldo Brito Roque said in julho 24th, 2008 at 11:38 pm

Esse é o tipo de literatura que me agrada. Uma estória que não surge do desejo de mero exercício estético, mas da percepção de um conflito humano autêntico. Parabéns, Cármen.

Deixe seu comentário

 Nome (requerido)

 Email (requerido)

 Website (opcional)